Projeto Transformação: CSSJ e HSJ iniciam Laboratório de Implantação

Postado por admin

Com o propósito de caminhar com o maior nível de segurança possível durante o processo de Virada (Go Live) do Projeto Transformação, a Casa de Saúde São José (Rio de Janeiro) e o Hospital São José (Teresópolis) iniciaram no dia 3 de julho o Laboratório de Implantação e a fase de Simulação, ações essenciais para o Plano da Virada.

As simulações têm o objetivo de estressar o SOULMV ao máximo, possibilitando que os usuários avaliem na prática todas as funcionalidades utilizadas na operação do hospital.

O Laboratório de Implantação funcionará durante todo o mês de julho no Centro de Estudos do HSJ e no Auditório Leônidas Côrtes da CSSJ. Nesses locais foi montado um “mini hospital”, uma infraestrutura necessária para simular, já no novo ambiente SOULMV, todo o “caminho do paciente”, assim como o “caminho do dinheiro” dentro do hospital, ou seja, desde a entrada do paciente, passando pelos processos assistenciais, até a alta, fechamento da conta e processos financeiros.

O objetivo é testar a ferramenta, de modo a encontrar eventuais oportunidades de melhoria, corrigir eventuais falhas ou problemas a tempo, a fim de que a Virada transcorra da melhor forma possível, sem prejuízo ao atendimento dos pacientes.

O diretor corporativo de Operações e patrocinador do Projeto Transformação, Vinicius Tadeu de Oliveira, destacou a importância da Associação Congregação de Santa Catarina investir na integração das suas 24 Casas. “Somos pioneiros nessa jornada. Vamos nos dedicar, pois essa é uma oportunidade de melhorar, para que no dia 31, a gente vire de forma definitiva e eficaz”, comentou.

Vinicius acompanhou de perto o início das atividades do Laboratório na CSSJ e HSJ, ao lado de representantes do Grupo Gestor do Projeto Transformação, lideranças corporativas, diretores executivos das Casas envolvidas e lideranças locais.

A gerente da Enfermagem e líder do projeto na CSSJ, Ivonete Costa, ressaltou que o esforço dos colaboradores foi fundamental para que o resultado do laboratório fosse satisfatório na primeira semana. “Os resultados foram muito bons. Agora é aguardar o segundo laboratório, que será na semana do dia 16 para que todas as pendências encontradas sejam solucionadas, sempre objetivando padrões de excelência”, avaliou.

Na abertura do encontro, no HSJ, Irmã Laura Benincá promoveu um Momento de Espiritualidade, desejando a todos sucesso nessa nova etapa. Em seguida, os participantes começaram a atividade, simulando a chegada do paciente para retirada de senha.

Da triagem de pacientes ao faturamento da conta, o empenho dos participantes foi fundamental para a obtenção de resultados, como comentaram as líderes do projeto. “O clima foi de muita cooperação e engajamento, o que facilitou o andamento da atividade”, disse Renata Freitas, coordenadora de Atendimento. “Ao final do Laboratório, nos reunimos e identificamos diversas oportunidades de melhoria para agilizarmos as atividades ao longo desse mês, para que o sistema fique ainda mais robusto”, completou Mainara Pereira, especialista em Segurança do Paciente.

Para os participantes, o Laboratório auxiliou no entendimento sobre o sistema. “Achei o encontro de importância fundamental. Estamos nos aproximando da virada do sistema, o que nos deixa ansiosos, mas foi uma boa oportunidade para esclarecer dúvidas”, destacou Juliana Araújo, supervisora de Enfermagem do Pronto Atendimento.

As simulações no Laboratório estão sendo realizadas a partir de um roteiro pré-estabelecido, encaminhado às lideranças. A Virada/Go Live do Projeto, na CSSJ e HSJ, será realizada no dia 31 de julho.

2018.07.10



Sem Comentários

767 Visualizações

Deixe um comentário :