HSJ realiza procedimento urológico inédito

Postado por admin

A neuromodulação sacral, a mais moderna e abrangente técnica para o controle de distúrbios do assoalho pélvico, como as incontinências urinária e fecal, e a dor pélvica crônica, já pode ser realizada na região serrana do Rio de Janeiro, no Hospital São José (RJ). O urologista Renato Gomes Barbosa, junto à sua equipe, realizou o procedimento pela primeira vez, na última semana.

Essa técnica funciona como uma espécie de marca-passo. Segundo Dr. Renato, “trata-se de um implante de eletrodo na raiz sacral S3 e implante subcutâneo de um pequeno gerador na região glútea. Esse gerador vai dando os impulsos, restaurando a comunicação entre a bexiga e o sistema nervoso central e vice-versa, reativando o seu controle”.

Ainda segundo o urologista, “a neuromodulação sacral é um procedimento que funciona muito bem para o tratamento de incontinência urinária por urgência (que pode ser neurogênica ou idiopática), da dor pélvica, da cistite intersticial e de determinados casos de retenção urinária. A técnica também trata disfunções miccionais em crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos.”

Em toda a região serrana, o Hospital São José é pioneiro na realização desse procedimento, sendo referência no setor de urologia na cidade de Teresópolis. Com uma equipe composta por cinco médicos urologistas, de diferentes especialidades, os pacientes são beneficiados com um atendimento abrangente e completo, e diagnósticos mais apurados e precisos. A neuromodulação sacral é uma técnica regulamentada e autorizada pela ANVISA e está disponível, a princípio, para pacientes particulares e conveniados.

Fotos:

2020.12.02



Sem Comentários

1.139 Visualizações

Deixe um comentário :