HEC promove ações da campanha O que importa para você?

Postado por admin

Já imaginou não conseguir mais ir à academia ou assistir sua novela ou jornal preferido? E aquele jogo de futebol do seu time do coração? Estar internado em um hospital muda completamente a rotina. Foi o que aconteceu com a Dona Orli, impossibilitada de assistir às missas transmitidas pela TV, pois está internada na unidade Vascular do Hospital Estadual Central (ES) há quase um mês.

Logo no início da internação, a técnica de enfermagem, Samira, conta que a paciente sempre foi muito alegre e sorridente. Porém, teve que passar por um procedimento no Centro Cirúrgico e, posteriormente, ficou alguns dias na UTI. Quando retornou para a unidade Vascular, não voltou para o quarto que Samira tinha sua rotina de cuidados.

Entretanto, a profissional não deixou de cuidar da Dona Orli. Um dia, enquanto seguia a sua habitual rotina de trabalho, Samira passou na frente no quarto da paciente e percebeu que alguma coisa tinha mudado, Dona Orli não estava mais tão feliz.

“Eu parei e entrei no quarto para perguntar porque ela estava triste, e ela me contou que em casa sempre acompanhava as orações na TV. E eu perguntei para ela sobre o que as orações falavam. Ela me disse que as orações falavam dos médicos, dos enfermeiros e dos pacientes, e que eles não esqueciam de ninguém. E agora ela sentia muita falta de assistir às missas na TV” conta a enfermeira.

Sem contar nada para Dona Orli, Samira registrou o pedido, que foi prontamente atendido pelo hospital. “O que importa para você” é isso! Sentir empatia pelo outro. Atitudes como a da Samira podem mudar o dia, a semana ou até mesmo a cura de um paciente. Fazer a diferença, fazer o que importa.

2018.09.10



Sem Comentários

442 Visualizações

Deixe um comentário :