Aluno do CSC (MG) é novo campeão brasileiro de xadrez escolar

Postado por admin

Aluno do Colégio Santa Catarina (MG), Matheus Mendes Domingues Ribeiro, 13 anos, é o mais novo campeão brasileiro de xadrez escolar na categoria 7º ano masculino. O campeonato foi realizado entre os dias 21, 22 e 23 de setembro, em Caxambu, Minas Gerais. Com o título, Matheus ganhou mais um troféu para sua coleção, que não para de crescer. O garoto já conquistou a Liga X, a etapa estadual dos Jogos Escolares de Minas 2018 (JEMG), já participou do campeonato sulamericano, do brasileiro e do mundial de xadrez. E o campeão quer alçar voos ainda mais altos: “O xadrez se tornou algo muito importante para mim e futuramente quero viver disso, dar aulas, participar de competições importantes e me tornar um grande mestre”.

Quem conhece Matheus sabe que sua determinação e foco naquilo que faz podem fazê-lo realizar esse sonho. Afinal, com apenas dois anos de caminhada no esporte, o jovem talento já coleciona muitas conquistas. “Comecei a jogar com 11 anos na escolinha de xadrez aqui do Colégio, com o professor Haroldo. Antes, eu só sabia algumas noções básicas. Aprender a jogar mesmo foi aqui na escola. Eu logo disputei a Liga X, ganhei uma etapa e tomei gosto. Comecei a treinar mais forte e a participar de torneios fora da cidade”.

Para o professor de xadrez do CSC, Haroldo Carvalhido, Matheus é um menino prodígio. Estuda muito, tem buscado se aperfeiçoar com aulas particulares e agora está aprendendo com os mestres na internet. “O Colégio Santa Catarina tem dado show no xadrez. O desempenho e o destaque de alunos como ele é muito bom para estimular outros alunos a se interessarem pelo esporte, levarem o estudo a sério e continuarem colocando o nome do nosso Colégio em evidência”, ressalta orgulhoso, lembrando que o CSC é o único Colégio brasileiro detentor do título de campeão mundial de xadrez escolar.

Este ano, Matheus ainda tem dois grandes desafios pela frente: os Jogos da Juventude, em novembro, em Natal-RN, onde vai buscar classificação para o Sulamericano, e a semifinal do Campeonato Brasileiro adulto. É isso mesmo! Matheus já disputa torneios com gente bem mais experiente que ele. E não tem decepcionado, não. Já empatou uma partida com o mestre internacional Eduardo Limp numa simultânea (quando o mestre joga com vários jogadores ao mesmo tempo) realizada em Juiz de Fora e ganhou do mestre juizforano Carlos Alessandro. Atualmente ele faz aulas semanais com professor online e, nos dias que não tem aula particular, chega da escola e não faz outra coisa além de treinar e jogar. Tanto esforço o colocaram em 5º lugar no ranking brasileiro da categoria sub-14 e na liderança do ranking mais específico, de estudantes do 7º ano do Ensino Fundamental.

2018.10.01



Sem Comentários

504 Visualizações

Deixe um comentário :