Reflexão sobre o Evangelho: A Missão de João

Postado por admin

No último domingo, 11, foi abordado o Evangelho: João 1,6-8. 19-28.

Existe um trecho do livro do profeta Isaías que diz: “Assim como a terra faz brotar a planta e o jardim faz germinar a semente, assim o Senhor Deus fará germinar a justiça e a sua glória diante de todas as nações”. Isso significa que faz parte da natureza de Deus promover a honestidade e a felicidade. Só que para entender realmente a nossa natureza é preciso compreender a nossa missão. Assim com João Batista tinha a missão de apontar a luz para a humanidade, cada ser humano tem a sua própria missão. No caso da Associação Congregação de Santa Catarina, “Promover a Vida” é a grande missão que nos rege, através da prestação de  serviços de assistência social, saúde, educação e pastoral, conforme o carisma e a espiritualidade da Congregação das Irmãs de Santa Catarina (VM), buscando a autossustentação e otimizando recursos para o desenvolvimento humano. Você já parou para pensar na sua missão?

Confira a íntegra:

Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. Ele veio como testemunha para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz. Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntas: “Quem és tu?”. João confessou e não negou. Confessou: “Eu não sou o Messias”. Eles perguntaram: “Quem és tu, então? És tu Elias?”. João respondeu: “Não sou”. Eles perguntaram: “És o profeta?”. Ele respondeu: “Não”. Perguntaram então: “Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?” João declarou: “Eu sou a voz que grita no deserto: ‘Aplanai o caminho do Senhor’, conforme disse o profeta Isaías”. Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus e perguntaram: “Por que então andas batizando se não és o Messias, nem Elias, nem o profeta?” João respondeu: “Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias”. Isso aconteceu em Betânia, além do Jordão, onde João estava batizando.

2011.12.13



Sem Comentários

562 Visualizações

Deixe um comentário :