Record realiza reportagem sobre o Dia Mundial do Lúpus no HSI

Postado por admin

Com o intuito de conscientizar a população sobre o Lúpus – doença autoimune sem cura que pode afetar a pele, articulações, rins, pulmões, coração e cérebro, entre outros órgãos, e pode ser fatal, quando não tratada de forma adequada –, a TV Record exibiu uma reportagem realizada no Hospital Santa Isabel (SC) no dia 10 de maio, data de alerta para o Dia Mundial do Lúpus.

A equipe de TV entrevistou o reumatologista Dr. Rafael Gomes, membro do Corpo Clínico do Hospital Santa Isabel e a colaboradora da Farmácia do Centro Cirúrgico, Patricia Cristina Goncalves, que é portadora da doença e relatou sua experiência e reforçou a importância da conscientização, esclarecimento e apoio a todos os portadores.

Patrícia conta que tinha 28 anos quando descobriu a doença. Ela tinha dores articulares, foi em alguns médicos, realizou exames e a princípio acharam que era fibromialgia ou LER (Lesão por Esforço repetitivo). “Só consegui ser diagnosticada com a doença de Lúpus , de fato, após o surgimento de outros sintomas, como anemia, plaquetopenia e o agravo no inchaço das articulações”, explica. Agora, a farmacêutica faz tratamento com corticoides, imunossupressores e pulsoterapia (administração de altas doses de medicamentos por curtos períodos de tempo, quando o tratamento contra a doença requer uma resposta rápida).

Patrícia apela para que sejam criadas políticas para ajudar os pacientes. “Quando se tem controle sobre a doença, podemos sim ter uma vida praticamente normal”, alerta.

2016.05.23



Sem Comentários

339 Visualizações

Deixe um comentário :