Plenária Municipal PJMG

Postado por admin

Estudantes do Colégio Santa Catarina/JF, Jesuítas, Santos Anjos, da Escola Cenecista Monteiro Lobato e da Escola Estadual Antônio Carlos participaram, na última quinta-feira, 14 de agosto, de plenária no Anfiteatro João Carriço, no prédio da Funalfa. Durante o encontro, os estudantes, integrantes do Parlamento Jovem de Minas 2014 (PJMG), definiram as propostas locais que serão discutidas, em setembro, em plenária regional.

O tema desta edição do projeto é “Envelhecimento com qualidade de vida”. Nesse contexto, os estudantes trabalham três subtemas: Direito de envelhecer bem; Promoção da convivência inter geracional; e Protagonismo social e político. Durante a plenária, foram apresentadas quatro propostas para cada item e, depois de debatidas, duas selecionadas pelos estudantes. As propostas escolhidas em cada subtema serão encaminhadas para a etapa regional, no dia 14 de setembro, onde além dos estudantes de Juiz de Fora, também participarão alunos de Santos Dumont, Matias Barbosa e Leopoldina. Já a plenária estadual, com representantes de 27 municípios, será realizada entre os dias 29 e 31 de outubro, em Belo Horizonte.

O clima no anfiteatro foi agitado com a participação assídua dos estudantes, que lutavam para derrubar ou manter as propostas. Também foi permitido fazer alterações nos textos anteriormente elaborados e aglutinação de ideias. Entre as propostas aprovadas, estão ações mais severas pela acessibilidade. Os adolescentes defendem a linearidade das calçadas de forma a facilitar a mobilidade de idosos e deficientes. O aumento da integração intergeracional foi outra necessidade diagnosticada que, segundo os estudantes, pode ser promovida por meio de eventos culturais e de lazer, como festivais de música, festivais gastronômicos e literários, entre outros.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, vereador Júlio Gasparette, que esteve presente no início da plenária, o PJMG consolida a participação dos jovens no universo da cidadania. “É bonito ver todos trabalhando em prol da nossa cidade, em prol de si próprios, elaborando projetos que são muito interessantes para a nossa cidade. O Parlamento Jovem de Minas Juiz de Fora é um projeto muito importante para a Câmara Municipal, pois é a oportunidade que temos de mostrar a todo o estado o engajamento e a inteligência de nossos jovens. Nossa casa legislativa se sente muito honrada de promover esse projeto que tem como objetivo investir na formação cidadã dos estudantes”, afirmou. E terminou seu discurso citando Gandhi: “Você nunca sabe que resultados virão das suas ações. Mas se você não fizer nada, não virão resultados”.

O Parlamento Jovem 2014 começou em março. Ao longo de quatro meses os estudantes foram capacitados por monitores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e receberam informações sobre cidadania, democracia e participação política. Em seguida, eles foram divididos em grupos, de acordo com os subtemas propostos, e se reuniram várias vezes para elaborar os projetos de lei. “Quando se cria um instrumento como esse, você auxilia na função pedagógica da escola, porque o Parlamento é um programa pedagógico, uma vez que leva o estudante a pensar numa questão importante para a sociedade em que ele vive, o instiga a estudar um pouco mais sobre o assunto em debate, e a dinâmica de discussão acaba despertando no jovem o interesse pela participação política”, afirma Sérgio Antônio Dutra, coordenador local do Parlamento Jovem.

CSC no Parlamento Jovem

Esta é a quarta vez que o CSC participa do projeto, realizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) desde 2004. Em 2010, o projeto foi estadualizado e, desde então, é realizado em Juiz de Fora, em parceria com a Câmara Municipal, a UFJF e as escolas participantes, que são escolhidas por sorteio. O objetivo é estimular a formação política de estudantes do Ensino Médio e conduzi-los a um exercício de participação democrática nas questões relevantes da sociedade.

2014.09.23



Sem Comentários

320 Visualizações

Deixe um comentário :