Personagem de livro visita alunos do CSC-MG e inaugura biblioteca

Postado por admin

As crianças do 1º ano do Ensino Fundamental do Colégio Santa Catarina de Juiz de Fora (MG) receberam uma visita especial. O personagem Pacheco, do livro de alfabetização ‘O reino das letras’ ganhou vida e foi as quatro salas de aula inaugurar uma biblioteca de livros infantis. “Os alunos poderão levar livros emprestados para casa. Leva na segunda e devolve na quinta. Além de ser um incentivo à leitura, já que todos agora já estão alfabetizados, serve de preparação para as aulas de Literatura Infantil que eles terão a partir do ano que vem”, informa a supervisora Sandra Mautoni.

A ideia de levar o Pacheco para as salas de aula é uma forma de envolver as crianças no mundo mágico da literatura, já que todo o processo de alfabetização delas se dá através do livro cujo protagonista é o caipira de camisa xadrez e chapéu de palha. O Pacheco é um sujeito caricato, roceiro, que não sabe ler e vai morar numa localidade onde cada morador é a personificação de uma letra. O ‘A’, por exemplo, é a amiguinha Ada. O ‘E’ é a curiosa Eva. O ‘I’ ganhou nome de Ivo, assim como o ‘O’ se chama Oto e o ‘U’ Uri. “Dessa forma fica mais fácil para a criança aprender e guardar. A gente sempre trabalhou na alfabetização com as famílias silábicas. Em cada capítulo da história a gente introduz uma nova letra e, assim, trabalhamos o livro em sala de aula o ano todo”, explica Sandra.

O livro foi escrito por um grupo de professoras do CSC-MG conscientes de que a alfabetização é um momento de extrema importância, pois definirá o desenvolvimento de toda a educação básica da criança. Além disso, é incontestável que aliar o aprendizado ao lúdico rende excelentes resultados.

O trabalho virou livro em 2011, em consequência do sucesso que a história teve entre as crianças. Pacheco, com seus trejeitos simples de gente da roça, ganhou a simpatia das crianças. O Colégio tem um fantoche do personagem, confeccionado pela professora de Literatura Infantil, Marcela Surerus, e, algumas vezes, as professoras levam o boneco para a sala de aula e com ele contam mais um capítulo da história aos alunos.

2017.08.30



Sem Comentários

384 Visualizações

Deixe um comentário :