Parlamento Jovem de Minas 2014 – Alunos do CSC recebem certificados de participação

Postado por admin

Foi realizada em novembro a cerimônia de encerramento do Parlamento Jovem de Minas 2014, que contou com a participação de alunos do Ensino Médio do Colégio Santa Catarina de Juiz de Fora (CSC). Durante o evento, no Plenário da Câmara Municipal, os estudantes e representantes das cinco escolas envolvidas receberam o certificado de participação no projeto. Participaram da solenidade o presidente da casa, Júlio Gasparette, e os vereadores Antônio Aguiar, Ana Rossignoli, Jucélio Maria e Rodrigo Matos, além dos monitores da UFJF e professores.

O estudante do CSC, Gustavo Pena Freitas, representou os demais colegas na cerimônia de encerramento e, ao final da sua fala, entregou ao presidente do Legislativo a cópia com todas as propostas e lei elaboradas pelos estudantes de JF e debatidas na plenária municipal. “Algumas das nossas propostas ficaram muito restritas ao âmbito municipal e esperamos que elas possam ser aproveitadas por nossos vereadores”, disse o jovem, que afirmou, ainda, ter definido sua escolha profissional pelo Direito a partir da experiência com o Parlamento Jovem.

“É motivo de muito orgulho estar ao lado de vocês, estudantes, professores e de todos aqueles que fizeram esse belo trabalho ao longo do ano, no Parlamento Jovem. É muito importante para o Legislativo de Juiz de Fora ter essa representatividade. Sabemos que a responsabilidade com o jovem é muito grande. Não é qualquer pessoa, não é qualquer jovem, que se interessa por política. Por isso, nós aqui queremos cumprimentar todos com muito respeito. Vamos torcer para que continuem não só aprendendo, mas também discutindo política em nosso município, em nosso estado, em nossa nação”, disse Gasparette, referindo-se aos estudantes.

O sociólogo do Centro de Atenção ao Cidadão do Legislativo e coordenador do PJ em Juiz de Fora, Sérgio Dutra, destacou que a execução do projeto exige um esforço de muitos servidores e parceiros, como as escolas e a UFJF. E fez um agradecimento especial a alguns colégios, entre eles o CSC, por terem cedido espaço físico para a realização de algumas atividades. Dutra também citou o crescimento do projeto, uma vez que o envolvimento dos jovens e das câmaras municipais vem crescendo a cada edição. E disse que para o ano que vem o tema a ser discutido vai ser escolhido pelos próprios jovens, que participaram do evento este ano.

Para a professora do Departamento de Ciências Sociais da UFJF, Christiane Jalles de Paula, que coordenou o trabalho dos monitores no PJ, o projeto é fundamental para a cidade de Juiz de Fora e sua juventude, porque hoje a atividade da política vem sendo alvo de constantes ataques por todos os meios.

“Em uma pesquisa divulgada há pouco tempo sobre a confiança nas instituições democráticas brasileiras, o Legislativo ocupa um dos últimos lugares. É uma inversão total de valores. O parlamento é um dos locos de poder mais importantes para o regime democrático. Há problemas numa democracia representativa? Há. Mas ainda não arrumamos substitutos para o parlamento. Aqui é o lugar do debate público, da discussão de ideias. Então, é importante que lutemos firmemente pela defesa de um parlamento cada vez mais livre, mais aberto e mais inclusivo. Essa experiência que vocês tiveram com o Parlamento Jovem é uma experiência muito importante, porque a política não está no parlamento. A política está quando dois indivíduos se encontram. Nenhuma relação humana existe sem política”, afirmou a professora, citando João Ubaldo Ribeiro.

Para o professor Juceme Rodrigues, que acompanha o CSC pela quarta vez no projeto, o PJ é uma oportunidade para a escola possibilitar aos alunos espaços de exercício da cidadania. “O nosso currículo fala disso, o nosso currículo é humanista, propõe-se a educar para a cidadania, mas precisamos de espaços concretos para que os alunos cresçam nesse exercício, aprendendo a argumentar em situações coletivas em que a comunidade está envolvida. E o Parlamento Jovem é um desses espaços”, ressaltou.

2015.01.07



Sem Comentários

552 Visualizações

Deixe um comentário :