OSSC oferece oficina de tricô

Postado por admin

A Obra Social Santa Catarina (MG) não para de ampliar a oferta de cursos e oficinas para os moradores do Bairro Jardim Casablanca e arredores. A mais nova opção é a oficina de tricô, ministrada pela coordenadora de projetos do Colégio Santa Catarina de Juiz de Fora (MG), Verônica Portes que, durante muitos anos, esteve à frente da coordenação do Ensino Médio e, portanto, tem grande contribuição na construção da Obra, uma vez que mobilizou os alunos, juntamente com outros segmentos, a desenvolverem atividades cuja renda foi revertida para erguer o prédio.

“Eu sempre quis fazer alguma coisa na Obra Social porque eu participei ativamente com os alunos, arrecadamos muita coisa para a Casa, na época da construção. Eu já tinha vindo aqui algumas vezes depois da inauguração, mas sempre em algum evento. E agora eu quis vir para me doar. Estou adorando passar para essas mulheres um pouquinho do que eu sei”, conta.

No primeiro encontro, as usuárias aprenderam o ponto básico do tricô. E Ana Cristina Matola Valle, que já fez outros cursos na Obra Social, surpreendeu-se ao fazer um cachecol completo. “Nunca tinha feito tricô antes e estou amando. Não é fácil mas, com paciência, é possível. Eu sempre fico na expectativa de que vai surgir algo para complicar mas, por enquanto, está tranquilo”, confessa a aluna.

Ana foi elogiada pela professora ao concluir a primeira peça com perfeição. “Ela fez tudo certinho, sem perder nenhuma malha. E com apenas uma aula”, ressalta Verônica. Motivada, a aluna pretende continuar a tricotar para uso pessoal, mas não descarta a possibilidade de, em um futuro bem próximo, ganhar uma renda extra com a venda de cachecóis.

A oficina de tricô prevê cinco encontros, de duas horas cada, durante cinco sextas-feiras. Para a coordenadora da OSSC, Carla Cristina Silva, é de extrema importância valorizar a parceria entre as Casas administradas pelas Irmãs de Santa Catarina. “Fiquei muito feliz com a iniciativa da Verônica de querer se doar um pouco aqui na Obra, como voluntária. A alegria com que ela chega em nossa Casa, para ministrar a oficina, e o interesse das participantes, em aprender um novo ofício, nos traz a certeza de que a OSSC vale muito a pena”, afirma Carla, convidando outros colaboradores do CSC e também pais de alunos a fazerem o mesmo. “Estamos de portas abertas para receber os voluntários”.

2017.05.29



Sem Comentários

265 Visualizações

Deixe um comentário :