OSSC lança oficina de meio ambiente

Postado por admin

A Obra Social Santa Catarina – JF (OSSC), construída e administrada pelo Colégio Santa Catarina, lançou mais uma oportunidade de capacitação gratuita para os moradores do Bairro Jardim Casablanca e adjacências. A oficina de Meio Ambiente integra o projeto “Menos lixo mais arte: o meio ambiente agradece e a gente também”, cujo objetivo busca contribuir para a sustentabilidade do planeta com ações simples. A oficina é ministrada pela professora Miriam Aparecida da Costa, a cada 15 dias. Os participantes aprendem a confeccionar produtos artesanais a partir de material que iria para o lixo, como, por exemplo, garrafas pet e caixinhas de leite. É mais uma forma de qualificar estas pessoas e inseri-las no mercado de trabalho, garantindo renda às famílias carentes assistidas na OSSC.

 “A ideia da oficina nasceu a partir de uma videoconferência a que assistimos com o pessoal de outras casas da Congregação sobre sustentabilidade. Aí, começamos a pensar em ações e formas de poder aplicar tudo o que compartilhamos aqui na Obra. Esse tipo de iniciativa é muito bacana de trabalhar aqui na nossa comunidade, porque o pessoal é bem engajado. Então, lançamos uma campanha para recolher material reciclável e a Miriam desenvolveu a oficina. O resultado a tão curto prazo, como podemos ver, está ótimo. A turma já fez samambaias de garrafa pet e vasinhos de caixinha de leite para unir com o resultado de outra oficina que ensina flores de EVA. Ou seja, está tudo conectado. Elas vão fazendo várias oficinas e um aprendizado complementa o outro e, assim, elas nunca perdem o vínculo com a casa”, afirma Carla Cristina, coordenadora geral da OSSC-JF.

Para a professora, que acompanha as alunas desde o primeiro curso oferecido pela OSSC – o de Corte e Costura – ver a independência e a criatividade aflorando nas alunas é o melhor retorno que ela poderia ter. “É muito bom constatar que o que tento passar, dá retorno. Várias alunas ficam algum tempo sem vir aqui, e quando retornam já estão com ateliê, já estão com clientes, estão costurando para fora, estão cheias de encomenda. A continuidade dos cursos é excelente para elas poderem se aprimorar. Com mais qualificação, elas ampliam o conhecimento num todo e podem agregar a costura com outras técnicas e fazer trabalhos belíssimos como os que elas trazem para eu ver. O que eu ensino é o básico do que pode ser feito. O restante elas criam e inventam”, conta emocionada. Miriam também destaca a elevação da autoestima como ponto positivo dos cursos. “Tem aluna que não saía de casa e hoje está se abrindo para o convívio em sociedade”.

A técnica em Enfermagem Maria Aparecida dos Santos Ramos já deu entrada na papelada para se aposentar, mas enquanto o benefício não sai, divide o tempo entre os plantões em dois hospitais de Juiz de Fora e as aulas na OSSC. “Saio do plantão com sono e com fome, mas venho correndo para a aula. Eu saio estressada do hospital, mas chego aqui e esqueço tudo. Eu brinco que eu coloquei a primeira pedra aqui, porque acompanhei toda a construção da casa. E desde que lançou, usufruo de tudo o que posso aqui”. Ela conta que ainda não tem tempo para fazer em casa o que aprende na Obra Social, mas assim que aposentar seus planos são trabalhar em casa e vender as peças que produzir e, assim, incrementar a renda.

Já Claudia Mirian da Silva aproveita o tempo ocioso para transformar o aprendizado em arte em renda. Afastada do trabalho desde que quebrou a perna, a auxiliar administrativo está cheia de encomendas para o Natal. “Como estou sem trabalhar por conta da minha perna, aproveito o tempo para aprender coisas novas. Agora é que comecei a fazer coisas para vender, porque antes estava decorando a minha casa. Faço muita coisa também para dar de presente”, conta Claudia, que agrega o que aprendeu nos cursos de Corte e Costura, Artesanato, reforma de roupa e, agora, flores de EVA e meio ambiente. “Esse lugar aqui é uma benção na minha vida. Aqui não tem depressão, não tem tempo ruim, não tem problemas, porque a gente deixa tudo lá fora. É uma maravilha”, arremata.

2014.12.03



Sem Comentários

425 Visualizações

Deixe um comentário :