Obra Social inicia 7ª turma de Corte e Costura em Juiz de Fora

Postado por admin

Em fevereiro teve início mais uma turma do curso de Corte e Costura oferecido pela Obra Social Santa Catarina (OSSC-JF) a moradores do Bairro Jardim Casablanca e entorno, em Juiz de Fora. Esta é a sétima edição do curso, que já capacitou cerca de 90 mulheres de baixa renda para o exercício de uma profissão, possibilitando sua inserção no mercado de trabalho.

Este novo grupo, no entanto, conta com um diferencial: pela primeira vez um homem participa da oficina. “Da mesma forma que hoje a mulher dirige caminhão, mulher é mestre de obra, pega na enxada, no trabalho braçal, o homem também pode sentar numa máquina de costura. Vamos quebrar tabus”, afirmou Guilherme William Rocha, participante do curso.

William, como prefere ser chamado, é morador da Cidade Alta e desde o ano passado vende as roupas que a irmã dele produz. Como o negócio é promissor e eles pretendem expandir a confecção, William quer aprender o básico de costura para ajudar a irmã. “Ela tem uma filha pequena e não tem condições contratar uma costureira agora. Por isso estou aqui, para poder colocar a mão na massa e registrar a nossa confecção, pois assim poderemos comprar tecidos com melhor preço e vender para lojas, colocar nossas peças em feiras”, explica o futuro empreendedor.

 O curso de Corte e Costura é dividido em três oficinas: artesanato com retalhos, customização e reforma e costura industrial. Este último é dividido em quatro módulos: curso básico de aprendizagem em Costura Industrial; Qualificação em Modelagem Industrial; Qualificação em Corte Industrial e Qualificação em Costura Industrial. Todos os módulos do curso são ministrados pela professora Mírian Aparecida da Costa, que se preocupa não apenas em ensinar um ofício aos alunos, mas também em resgatar a sua autoestima, a fim de que se sintam valorizados enquanto seres humanos.

2015.03.03



Sem Comentários

577 Visualizações

Deixe um comentário :