Novo Coronavírus: saiba mais sobre o avanço da doença

Postado por admin

Uma nova doença vem se espalhando pelo mundo: o Coronavírus (nome oficial COVID-19). Podendo causar uma pneumonia viral grave, a epidemia teve início na China, mas já se espalhou para, ao menos, 25 países. Dentre os sintomas, estão febre, tosse e dificuldade para respirar. Aqui no Brasil, há oito casos suspeitos do Coronavírus, mas nenhum foi confirmado até o momento. São eles: Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (2), Paraná (1), Rio Grande do Sul (3), Santa Catarina (1) e São Paulo (3).

As Casas de Saúde da ACSC já estão se preparando para melhor atender os pacientes que se enquadrem como casos suspeitos da doença, desde o momento da triagem, coleta de amostras e notificação aos órgãos competentes.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), para que se concretize uma suspeita, é preciso que o paciente tenha sintomas de infecção respiratória, como febre, tosse e desconforto respiratório, associados ao histórico de viagem para a área com transmissão local nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais. “Além desse grupo, são considerados de risco os pacientes com manifestações clínicas, em casos de contato com pessoas com casos suspeitos ou confirmados”, explica o médico infectologista do HSI, Rodrigo Duarte.

Ainda não existe um tratamento com antiviral específico para a doença, por isso as medidas de prevenção, como a higienização das mãos e etiqueta da tosse, são importantes. “Quando tivermos um caso confirmado, serão administradas medicações sintomáticas, como antitérmicos, analgésicos, uma boa hidratação e aguardar que o organismo faça a eliminação do vírus”, finaliza o médico.

Nos hospitais Santa Isabel (SC), Santa Catarina (SP) e Casa de Saúde São José (RJ), as equipes de Controle de Infecções (CCIH) atuaram com orientação e capacitação para os seus colaboradores.

Sobre o novo Coronavírus:

O novo agente do Coronavírus foi descoberto no fim de dezembro de 2019 após ter casos registrados na China. Segundo a Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde, são 43 mil casos registrados em 25 países, com 1000 mortes, o que mobilizou organismos internacionais e a comunidade científica na busca por respostas sobre prevenção, transmissão e tratamento desse novo tipo de Coronavírus. Ainda não se sabe como se deu a primeira transmissão para humanos. A suspeita é que tenha sido por algum animal silvestre.

Segundo um gráfico elaborado pela Bloomberg, o último dia 10 registrou o menor número de casos (2,5 mil), desde o ápice das contaminações. Em pronunciamento, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, estimou que há uma “chance realista de parar” a disseminação no mundo do novo Coronavírus.

Fonte: https://exame.abril.com.br/mundo/numeros-oficiais-mostram-queda-em-casos-diarios-de-coronavirus-no-mundo/

Sites para buscar informações:

•            http://plataforma.saude.gov.br/ – Dados consolidados e atualizados pelos Municípios e Estados, até 12:00 do mesmo dia.

•            http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus -Breve relato objetivo para a população sobre o coronavírus (2019-NCov)

Redes sociais:

•            Instagram (Ministério da Saúde) @minsaude https://instagram.com/minsaude?igshid=fjagwph88b44 

•            Facebook (Ministério da Saúde) https://m.facebook.com/minsaude/

2020.02.11



Sem Comentários

109 Visualizações

Deixe um comentário :