Ministério da Saúde lança nova campanha de vacinação contra o Sarampo

Postado por admin

O Ministério da Saúde anunciou, no dia 10 de fevereiro, uma nova fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Com o conceito “Mais proteção para a sua família”, a ação vai até o dia 13 de março e busca imunizar crianças e jovens de 5 a 19 anos que não receberam as duas doses adequadamente.

O objetivo da campanha é ampliar a cobertura vacinal e sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, reforçando que o sarampo é uma doença grave e pode ser fatal. Febre, tosse, irritação nos olhos, mucosa no nariz e o aparecimento de manchas avermelhadas na pele são alguns sintomas da doença.

A meta estabelecida é de imunizar 3 milhões de jovens até o fim dessa fase. Outras duas etapas devem ocorrer para alcançar outros públicos nesse ano. Segundo o Ministério da Saúde, uma delas está prevista para começar em junho, e deve atender o público de 20 a 29 anos. A outra deve ocorrer em agosto, para a população de 30 a 59 anos.

Para os colaboradores da ACSC, a dica é manter a carteira de vacinação atualizada. “É muito importante manter sempre a carteira vacinal atualizada. Afinal a vacinação é o único jeito de prevenir o sarampo” afirmou o coordenador corporativo de Qualidade e Segurança do Paciente, Joan Tomaleri.

Ele também comentou sobre o alto nível de propagação da doença. “Estamos falando muito sobre o perigo do novo Coronavírus (COVID-2019), mas é importante falar também sobre o sarampo, já que a transmissão ocorre por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Segundo dados da OMS, a transmissão de um paciente infectado por Coronavírus pode transmitir para uma a três pessoas, e um só paciente com sarampo pode contaminar de 12 a 18 pessoas”, finaliza. 

O sarampo não tem tratamento específico. Os medicamentos são utilizados para reduzir o desconforto. Sob orientação médica, podem ser prescritos medicamentos para febre, hidratação oral, terapia nutricional com incentivo ao aleitamento materno e higiene adequada dos olhos, da pele e das vias aéreas superiores. As complicações bacterianas do sarampo devem ser tratadas especificamente. O único jeito de prevenir o sarampo é com a vacina. Tome todas as doses previstas no calendário nacional de vacinação.

Onde encontrar a vacina?

As vacinas são ofertadas em unidades públicas e privadas. No SUS, elas são gratuitas e estão disponíveis nas mais de 36 mil salas de vacinação em postos de saúde em todo o Brasil. Confira a sua carteira vacinal e de sua família. Caso tenha dúvida procure um profissional de saúde.

Fonte: https://saude.gov.br/saude-de-a-z/sarampo

2020.02.18



Sem Comentários

109 Visualizações

Deixe um comentário :