HTODL promove campanha de vacinação antitetânica

Postado por admin

Com o objetivo de garantir a saúde dos seus colaboradores e a segurança dos pacientes, o Hospital de Trauma-Ortopedia Dona Lindu (RJ) promoveu, nos dias 27 e 28 de julho, uma campanha de vacinação antitetânica, iniciativa de uma parceria do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH).

O tétano é uma grave infecção causada pela bactéria Clostridium tetani, que ataca o sistema nervoso. Ela está presente, principalmente, no solo e nas fezes de mamíferos, mas também é encontrada na poeira e em plantas. Ou seja, a principal maneira de contrair a doença é se cortar com objetos sujos que possam estar contaminados, ou então ser mordido por um animal. Como não há cura para o tétano, o tratamento é focado na cicatrização da ferida e no combate aos sintomas. A doença causa fortes e dolorosos espasmos musculares e dificuldade para respirar e se alimentar.

Segundo a enfermeira do SCIH, Sabrina Brasil, as pessoas não conhecem a gravidade do tétano por não ser uma realidade da região. “Caso a pessoa se corte com algum objeto contaminado, até mesmo cacos de vidros, deve procurar o mais rápido possível o serviço médico do seu município para que o profissional de saúde aplique precocemente a dose de reforço da antitetânica, caso tenha mais de cinco anos da última dose, e fique imunizado contra a doença”, explicou.

Vale ressaltar que a vacina antitetânica consta no calendário de vacinação da rede pública de saúde, com a recomendação para ser tomada em três doses, com reforço a cada dez anos. Somente após a terceira dose, a pessoa está imunizada.

2016.08.02



Sem Comentários

428 Visualizações

Deixe um comentário :