HTO Dona Lindu oferece curso de Libras para os colaboradores

Postado por admin

O Hospital de Traumatologia e Ortopedia Dona Lindu (HTODL) iniciou, no mês de janeiro, o Curso de Iniciação à Língua Brasileira de Sinais (Libras), linguagem gestual utilizada pelos surdos e mudos em grande parte do território nacional. O curso é destinado aos funcionários do hospital e é realizado em parceria com a Associação do Deficiente Auditivo de Paraíba do Sul (ADAPS), instituição encarregada de ministrar semanalmente as aulas.

Com carga horária de 40 horas, o curso vai possibilitar que os colaboradores melhorem o nível de comunicação com os funcionários e pacientes que possuem deficiência auditiva. O objetivo também é de oferecer cultura e valorizar profissionalmente aqueles que participam das aulas. Atualmente, o HTO Dona Lindu conta com seis colaboradores com surdez no seu quadro de funcionários.

A diretora pedagógica e fundadora da ADAPS, Mariléa Peixoto, garante que não é difícil aprender Libras. Segundo ela, com a base oferecida pelo curso, os alunos poderão se comunicar bem com os surdos.

“Na verdade, ninguém pode dizer que domina totalmente uma língua, porque outras palavras surgem e se modificam, inclusive no português. Precisamos ter a base para nos aprimorarmos constantemente. O curso de Libras é uma iniciação para que os alunos possam estabelecer uma comunicação eficaz”, disse a diretora.

Mariléa também elogiou a iniciativa do hospital e destacou que o curso é importante para a valorização do surdo como pessoa e como profissional, desfazendo os preconceitos, além de possibilitar melhor conhecimento do modo como eles se comunicam.

Para o diretor executivo do HTO Dona Lindu, Artur Hummel, o Curso de Iniciação a Libras é um belo exemplo que evidencia o trabalho de humanização realizado pelo hospital, sempre direcionado para o atendimento de qualidade, assim como para a satisfação do colaborador.

“O nosso hospital segue os conceitos da Associação Congregação de Santa Catarina, instituição que administra o HTODL, e que estabelece como um dos valores fundamentais na área da saúde, a humanização. Capacitar nosso funcionário para que ele amplie seu campo de comunicação e pratique a inclusão social é, sem dúvida, humanizar o nosso serviço”, destacou Hummel.

Esta é a segunda vez que o Hospital Dona Lindu oferece o curso de libras para os colaboradores. A primeira edição do curso aconteceu em 2011.

2014.02.25



Sem Comentários

350 Visualizações

Deixe um comentário :