Hospital Santa Teresa implanta setor de controladoria

Postado por admin

A direção do Hospital Santa Teresa (HST), gerido pela Associação Congregação de Santa Catarina, de Petrópolis, implantou, no início do mês de maio, o setor de Controladoria. A nova unidade promove a gestão conjunta das áreas financeira, tesouraria, custos e contabilidade. “Com o apoio administrativo, financeiro e contábil, as áreas de saúde realizam o cumprimento do ciclo de gestão com o planejamento. É criado então um sistema de informações gerenciais de base contábil que fornece todos os relatórios necessários para uma gestão segura”, explica o diretor executivo do HST, Vinícius Tadeu de Oliveira.

O projeto de implantação da Controladoria nasceu há mais de um ano e meio, quando o diretor executivo participava do Programa de Desenvolvimento de Líderes e Gestão de Negócios (PDLGN), promovido pela ACSC. “Em determinado módulo, quando estudávamos a controladoria, percebi que além de viável a ideia era imprescindível para alcançarmos nossas metas de gestão no Santa Teresa”, diz. Desde então, com o apoio da gerência financeira, à qual a Controladoria é subordinada, Vinícius iniciou o trabalho de criação e implementação do setor.

“A controladoria, enquanto unidade administrativa tem como especialidade a gestão econômica, funcionando como uma ferramenta de tomada de decisões. Isto implica em competência para estruturar modelos voltados para a identificação, acumulação, mensuração e informação sobre os eventos econômicos da entidade”, explica Luciana Quádrio, gerente financeira do Santa Teresa. “A integração dos vários centros de custos que formam o hospital resultam da operacionalidade destes modelos”.

Para dar apoio às ações da Controladoria foi criado o Comitê Financeiro do HST, que é composto pela tesouraria, contabilidade, custos, faturamento, auditoria e institucional, com o auxilio da logística. “Nosso principal objetivo é produzir informações gerenciais que possam viabilizar a agregação de valor nas várias etapas de cumprimento da missão hospitalar”, comenta Michele Coelho, profissional do setor.

Através da Controladoria, a direção pretende otimizar as atuações nos centros de custos (ao informar por meio de relatórios de resultados o valor dos procedimentos) e auxiliar no processo de gestão hospitalar. “Todas as ações da Controladoria visam nosso objetivo maior, que é alcançar primeiramente o equilíbrio financeiro e econômico e posteriormente a sustentabilidade cumprindo nossa porcentagem de atendimento ao SUS para filantropia”, finalizou o diretor.

 

2011.06.16



Sem Comentários

871 Visualizações

Deixe um comentário :