Hospital Estadual Central promove reencontro de paciente e cachorro

Postado por admin

Bichinhos de estimação já se transformaram em membros da família. Na casa do senhor Jair Hupp, de 72 anos, não é diferente. O Bili, cachorro da casa, roubou o coração do aposentado e dividia até a cama com ele. Juntos dia e noite, eles sofreram com a distância após Jair sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), que o levou a ser internado no Hospital Estadual Central (ES), há mais de 40 dias.

O paciente vem percorrendo um longo caminho na sua recuperação, passando por muitos altos e baixos. Ele está sendo tratado com um protocolo de cuidados paliativos – quando a pessoa tem uma doença que ameaça a vida, visando o bem-estar dela através da prevenção e alívio do sofrimento imposto pela doença. Durante uma reunião com a família do senhor Jair, surgiu uma demanda inédita do projeto “O que importa para você?” no hospital: a possibilidade de visita do Bili.

Depois do AVC, o idoso teve os movimentos e a fala comprometidos, mas entende bem o que acontece ao seu redor. Ao ouvir que poderia receber uma visita tão especial, começou a chorar. A equipe de Psicologia do HEC decidiu, então, que era hora de promover esse reencontro.

O filho do paciente, Leonardo Hupp, contou como é a relação do pai com o cachorro no dia a dia: “Eu ganhei o Bili, mas ele acabou ‘adotando’ meu pai. Em casa, eles não se desgrudam. Papai saía para andar de bicicleta e Bili o acompanhava apoiado em seu ombro. À noite, eles dormiam na mesma cama, abraçados”.

No último dia 7, seu Jair e Bili puderam estar novamente perto um do outro. Com a família completa reunida, o aposentado pode matar a saudade e passar um tempo perto de quem ama.

Confira algumas fotos desse momento:

2019.11.19



Sem Comentários

21 Visualizações

Deixe um comentário :