HEC participa de estudo clínico para novo tratamento de AVC

Postado por admin

O Hospital Estadual Central (ES) está entre os 15 hospitais do País que foram selecionados pelo Ministério da Saúde para participar de um estudo sobre um novo tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC) do tipo isquêmico, também conhecido como derrame. O HEC foi o único hospital do Espírito Santo escolhido para participar da pesquisa.

Trata-se do estudo clínico “Resilient”, que traz um método endovascular, chamado de trombectomia mecânica ou cateterismo cerebral, no qual são utilizados equipamentos para desobstrução de artérias cerebrais, podendo ser realizado até oito horas depois que começarem os sintomas.

Os pacientes estudados deverão ter um perfil clínico de moderada para acentuada gravidade do AVC, por provável obstrução da circulação cerebral por coágulo sanguíneo em artéria de grande calibre. O estudo já acompanha mais de 50 pacientes em todo Brasil, sendo dois do HEC.

O neurologista e coordenador da UAVC do HEC, Dr. José Antonio Fiorot Júnior, diz que “este tratamento restabelece o fluxo sanguíneo cerebral, reduzindo a área de isquemia no cérebro. Vários estudos demonstram que a chance de desentupir a circulação com esses sistemas é de 80% a 90%”.

Ainda segundo o médico, quanto mais rápido o procedimento for realizado para desobstruir a artéria, maior a chance de melhora do paciente e menor a chance de sequela. Em relação à recuperação, os estudos internacionais sobre a trombectomia mostram que cerca de 50% a 70% dos pacientes recuperaram a independência funcional após três meses.

2017.11.27



Sem Comentários

655 Visualizações

Deixe um comentário :