HCNSC acolhe o Cerco de Jericó pelo 17º ano consecutivo

Postado por admin

Pelo 17º ano consecutivo, o Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição (RJ), abriu as portas de sua capela para a realização do Cerco de Jericó, entre os dias 25 de junho e 2 de julho. Após sete dias, o Santíssimo Sacramento saiu, em procissão, da Capela Nossa Senhora da Conceição até a Igreja Matriz de São Sebastião, para a celebração da missa de encerramento.

O Cerco de Jericó é um momento de oração eucarística, de profundidade bíblica, inspirado no capítulo 6 do livro de Josué. Relembra a fé do povo israelita que conquistou seu objetivo: entrar na terra prometida, após permanecer em oração ao redor de uma muralha, que caiu no sétimo dia. Durante o evento, na capela do Hospital havia uma arca onde foram depositados os pedidos dos fiéis que acreditam na graça pelo poder da oração.

O Bispo da Diocese de Valença, Dom Nelson, destacou a importância da parceria entre HCNSC e a Paróquia de São Sebastião na organização do evento, e fez um agradecimento especial às irmãs da Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) que há 17 anos cedem a capela do HCNSC para a comunidade, neste importante momento. “Meu agradecimento especial às irmãs de Santa Catarina por mais uma vez abrirem as portas da capela do Hospital para estes sete dias e sete noites de oração”, declarou o Bispo.

Ao final da missa, o Padre Rochan, pároco da Matriz de São Sebastião, reiterou os agradecimentos feitos pelo Bispo. “Somos muito gratos às irmãs de Santa Catarina por estarem juntos conosco nesses 17 anos”, finalizou o Padre.

Diretora geral do HC, Irmã Edinalva afirma que ter o Cerco de Jericó na capela do Hospital é gratificante. “Eu vejo que ter o Cerco na nossa capela é uma chuva de graças, é uma energia que vai além das nossas condições humanas de perceber. Não é o Hospital que ganha com isso, porque as orações não ficam para a pessoa, ela perpassa muros, cadeias, paredes e vai além. Quem é beneficiado é o próprio paciente e quem trabalha aqui. É um rio e manancial de graças”, finalizou a irmã.

2017.07.10



Sem Comentários

389 Visualizações

Deixe um comentário :