HAM participa do programa É de Casa da Globo

Postado por admin

No último dia 29, sábado, o Hospital Amparo Maternal (SP) recebeu a equipe de reportagem da Globo e participou do programa “É de Casa”. Por ter um centro de maternidade conceituado, o HAM foi escolhido pela emissora para apresentar os bebês que nasceram em ano bissexto, no dia 29 de fevereiro. Até o momento da reportagem, sete crianças já tinham vindo ao mundo e duas mulheres estavam em trabalho de parto. Dessas sete, seis vieram de parto vaginal e apenas uma de cesárea.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que taxas populacionais de operação cesariana superiores a 10% não contribuem para a redução da mortalidade materna, perinatal ou neonatal. Contudo, considerando as características do Brasil, a taxa de referência foi ajustada pela OMS para que gire entre 25% e 30%. No Amparo Maternal, a média de cesáreas realizadas em 2019 foi de 30%*.

O objetivo é oferecer um serviço mais humanizado possível às pacientes. Além de conseguir manter uma taxa de cesáreas dentro do sugerido pela OMS, a Casa também oferece 100%* de presença do acompanhante durante o processo do parto e 98%* de aleitamento materno na primeira hora de vida do bebê.

Sobre o HAM

O Amparo Maternal é uma Instituição filantrópica com 80 anos de história em acolhimento social e assistência à saúde materno-infantil pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Fundado em 1939 por um grupo de pessoas lideradas pela Madre franciscana Marie Domineuc, pelo médico e professor Dr. Álvaro Guimarães Filho e pelo Arcebispo de São Paulo da época, Dom José Gaspar de D’Afonseca e Silva, o Amparo Maternal nasceu com a ideologia de albergar gestantes que não tinham um local digno para dar à luz, muitas delas vivendo nas ruas da cidade de São Paulo.

*As taxas podem ser conferidas diretamente no site do Amparo. https://www.amparomaternal.org/numeros-e-dados

Link com a reportagem:

2020.03.10



Sem Comentários

136 Visualizações

Deixe um comentário :