Como o digital está influenciando o ensino?

Postado por admin

Atualmente, inserir ou não a tecnologia no ambiente escolar não é mais algo discutível. Ela já está inclusa automaticamente, pois faz parte da vida e da cultura dos estudantes. As Casas de Educação da ACSC, buscando sempre entregar um ensino de alta qualidade, estão sendo preparadas para receber essa geração. O objetivo dessa imersão é que as ferramentas digitais sejam utilizadas de forma orgânica, planejada e sistêmica. A Gerente Corporativa de Educação, Silvia Barbosa, explica que, antes, a tecnologia era muito focada em entretenimento, mas que agora esse conceito mudou e é imprescindível levá-la a sério. “A escola precisa estar incluída no processo e entender como canalizar essa condição, pois a tecnologia está presente na vida de nossos alunos o tempo todo”, esclarece. 

Para Silvia, a “era” digital é muito mais do que uma tendência. “Nossos alunos são usuários da tecnologia, por isso, a tratamos como uma linguagem nos dias de hoje”, define. Para que o ensino seja assertivo e promissor, é preciso “falar a língua” dos jovens estudantes. Pensando nisso, e equipe de Educação da ACSC modernizou os seus canais de comunicação com os alunos e os pais. Hoje, três escolas, além do Colégio Santa Catarina, de Juiz de Fora, que iniciou o uso do aplicativo neste ano, já trabalham com o IsCool App, um aplicativo que serve como canal de comunicação entre a escola e a família. Além disso, há diversos projetos dentro da área de tecnologia. “A ideia é trabalhar com personalização do ensino por meio de inteligência artificial, trabalho com linguagem de comunicação robótica, “gameficação” com o uso, por exemplo, do Minecraft para educação e a utilização de realidade aumentada e virtual”, explica a Gerente.

Além de todas essas inclusões digitais no meio educacional, as salas de aula das Casas serão equipadas com Wi-Fi e tablets e contarão com laboratórios modernos de Informática. Atualmente, a rede já faz uso do Office 365 para educação, por meio do qual uma série de aplicativos da Microsoft trazem suporte para professores e alunos. Outro ponto positivo para a tecnologia são as lousas digitais, localizadas em SP e JF, e as salas 3D e relevo 3D, presentes na unidade paulista.

Para ajudar a administrar toda essa tecnologia e saber lidar com a velocidade das informações e utilização correta das ferramentas, a advogada especialista em Direito Digital, Patrícia Peck, realizou uma palestra para os educadores sobre o uso seguro das redes sociais. “Firmamos acordos com os nossos alunos, pois acreditamos que o uso do celular na escola deve estar a serviço da aprendizagem. Não adianta proibir, devemos educar essa utilização, para que esse cidadão, hoje na escola, saiba lidar com as novas tecnologias”, alerta Silvia.

Um dos objetivos da Diretoria Corporativa de Educação é padronizar os acessos à tecnologia em todas as Casas de Educação da ACSC, respeitando sempre as características locais. Hoje, elas estão espalhadas pelo Brasil, umas, inclusive, em localizações com difícil acesso à internet. “São Casas com históricos diferentes. Queremos unificar o essencial e oferecer a mesma qualidade e oportunidade no campo educativo, seja para o aluno de São Paulo, seja para o aluno do interior de Goiás”, exemplifica a Gerente da área. “Todas as escolas precisam ter estrutura para atender o aluno de hoje e de amanhã”, finaliza Silvia.

2019.01.29



Sem Comentários

81 Visualizações

Deixe um comentário :