Cirurgia é transmitida ao vivo do HSI para curso nacional de robótica

Postado por admin

O Serviço de Cirurgia Robótica do Hospital Santa Isabel (SC) transmitiu um procedimento ao vivo para o curso de capacitação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica – Sobracil. A técnica de hérnia de hiato para tratamento de refluxo gastroesofágico, que durou aproximadamente duas horas, foi narrada pelo médico chefe do serviço no HSI, Dr. Pedro Trauczynski, que detalhou cada ação realiza no robô por meio do comando médico no console. As imagens externas e internas do procedimento, mostrando as pinças do robô dentro do paciente, foram transmitidas em alta qualidade. O paciente autorizou a transmissão da cirurgia e sua identidade foi preservada. Cerca de 70 médicos assistiram ao procedimento.

Não é a primeira vez que intervenções cirúrgicas do Programa de Cirurgia Robótica do Hospital Santa Isabel são transmitidas ao vivo. Em outubro de 2019, cerca de 250 médicos participantes do Congresso Catarinense de Cirurgia, em Criciúma, acompanharam um procedimento de Retossigmoidectomia Robótica – tratamento do câncer do reto – sob comando do Dr. Mauricio Corrêa, médico do Corpo Clínico do Hospital Santa Isabel, com participação do Dr. Carlos Augusto Rodrigues Veo, de São Paulo.

Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica permite a realização de procedimentos com movimentos precisos, garantindo uma cirurgia menos invasiva, com menos dor e recuperação mais rápida no pós-operatório. A tecnologia é conduzida por uma equipe de cirurgiões credenciados, enfermeiros, anestesistas e instrumentadores cirúrgicos. O Programa de Cirurgia Robótica do Hospital Santa Isabel foi lançado em junho de 2019 e é o único em todo o estado de Santa Catarina.

Os procedimentos robóticos mais procurados no Hospital Santa Isabel são para tratamento de problemas urológicos, ginecológicos e cirurgia geral, além de cirurgia digestiva, bariátrica, torácica, cirurgia de cabeça e pescoço, e procedimentos complexos de hérnias de parede abdominal. “Nossa principal preocupação é realizar uma cirurgia segura e com melhor resultado, porque isso fará diferença na qualidade de vida do paciente após a cirurgia”, afirma o Dr. Pedro Trauczynski.

Fotos:

2020.09.29



Sem Comentários

307 Visualizações

Deixe um comentário :