Casas da ACSC promovem ações de Dia das Mães

Postado por admin

Em 2020, o Dia das Mães foi um pouco diferente devido às medidas de distanciamento social. Diante da nova rotina, mães e seus filhos  acabam dividindo mais os espaços comuns da casa ou até mesmo os deixando para enfrentar a batalha contra o novo coronavírus, em que elas precisam se equilibrar entre o trabalho e a atenção às crianças. É mais um desafio pelo qual as mães precisam passar diariamente.

Por isso, esse dia é mais do que especial. Como diz a mensagem enviada pela ACSC às mamães, “o filho pinta, assiste, corre, pula, faz lição, dança, quebra, chora, grita, suja, bate à porta, pede a atenção da mãe. Ao mesmo tempo, ela precisa se concentrar no teletrabalho, fazer almoço, cuidar de sua própria saúde mental, ligar para pais, avós, parentes e amigos para saber se todos estão bem”.

As Casas da ACSC não mediram esforços para homenagens. Confira o que cada uma delas preparou:

Hospital Santa Catarina (SP)

No HSC, muitas mães estão atuando na linha de frente do combate à Covid-19, tornando o desafio ainda maior, tanto no cuidado dos pacientes como na atenção aos filhos. Para simbolizar e homenagear as mães, a Casa contou a história da Cristiane, enfermeira da UTI Multidisciplinar, e sua filha Giovana de 7 anos.

Giovana percebeu que a mãe não estava muito bem. Chegavam os primeiros pacientes graves de Covid-19. Ao explicar a situação de uma forma que a criança entendesse, Cristiane foi surpreendida com a pergunta: “Mãe, se vocês desistirem, quem vai cuidar dos pacientes?”. Elas decidiram então gravar um vídeo que foi compartilhado com toda a equipe de UTI Multidisciplinar e gerou uma motivação a mais para seguirem a rotina.

Hospital Estadual Central (ES)

A psicóloga Danielle do Nascimento Cezini Lacerda precisou passar por um parto prematuro com 33 semanas, que acarretou uma internação delicada. Após a alta e de finalmente conhecer o filho, Danielle passou mal e foi internada no HEC. Enquanto isso, o pequeno Anthony, de apenas um mês, permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, onde foi realizado o parto.

Após 18 dias da separação de mãe e filho, a gestão e psicólogos dos dois hospitais se juntaram para promover um encontro virtual muito significativo e emocionante. A mãe Danielle e o filho Anthony puderam se ver através de uma videochamada acompanhada pelos psicólogos dos dois hospitais.

“Não vejo a hora de pegá-lo no colo. Saber que ele está bem e conseguir vê-lo acalenta meu coração. Estou mais leve”, disse a mamãe.

Casa de Saúde São José (RJ)

Na última sexta-feira, um baú de boas lembranças foi aberto para surpreender Janaína Sampaio, de 46 anos, paciente oncológica internada há mais de 20 dias na CSSJ. Ela ganhou um painel de fotos com imagens dela ao lado do filho Lucas, de 4 anos. Desenhos da criança também foram expostos. Devido à pandemia, Janaína vê o filho apenas por chamada de vídeo desde que se internou.

“Estou muito emocionada, sem palavras para agradecer essa homenagem linda. Muito reconfortante esse carinho e cuidado que vem das coisas simples como o amor. O amor é tão simples, preenche tudo, e esse amor faz toda a diferença. Só posso agradecer. Muito feliz em poder ver meu filhotinho todas as vezes que eu abrir os olhos para aguentar esses dias pela frente até eu poder voltar para casa”, declarou a paciente.

Colégio Santa Catarina (SP)

A Casa usou o poder da música de conectar pessoas para demonstrar todo o carinho e o amor por quem acolhe, educa e cuida de cada uma das nossas crianças e jovens. Com isso, foi preparada uma homenagem especial a todas as mães. Virtualmente, foram reunidos alguns educadores e a Banda dos Pais, para que eles pudessem cantar para todas elas.

Confira o vídeo abaixo:

Lar Madre Regina (SP)

O Lar Madre Regina montou um painel com fotos das profissionais com seus filhos, para registrar o amor em lindos momentos. A ação foi aprovada pela equipe, onde muitas colaboradoras ficaram emocionadas com a homenagem.  

Escola Santa Catarina (ES)

A ESC também prestou a sua homenagem. Para isso, confeccionou uma faixa com a mensagem: “Mãe, semente que gemina do amor de Deus”. Ela foi colocada em frente à fachada da Escola.

CRI Norte (SP)

Para celebrar a data, o CRI Norte convidou os filhos das sras. Ivone, Devanir, Maria do Socorro e Idalina para demonstrar como o amor nos conecta. São diferentes histórias de vida, mas todas possuem o sinônimo da mãe brasileira, guerreira e companheira. A campanha foi feita online e também convidou outros filhos a participarem com a gravação de vídeos.

Veja abaixo um deles:

Mensagem da Pastoral e Espiritualidade:

“Nos dias de maio, minha oração flui naturalmente para rezar os valores próprios do ser mãe: cuidado, amor incondicional, dedicação extremada, altruísmo, generosidade heroica e ternura sem fim.

Nas emboscadas e desassossegos do cotidiano, volto correndo ao colo materno e lá sempre encontro consolo, pistas e trilhas para a resposta de amor possível, em cada situação. Sabedoria de um coração materno que me ensina sempre a escolher a vida.

Deus compreendeu isso. E do sem-fim da sua eternidade, quis inventar para si um começo, no seio maternal de Maria.”

Eduardo Machado

Confira a mensagem na música de Milton Nascimento:

2020.05.12



Sem Comentários

57 Visualizações

Deixe um comentário :