Após um ano, robô cirurgião do HSI segue trazendo inovação e bem-estar

Postado por admin

Considerada o futuro da medicina, a cirurgia robótica permite a realização de procedimentos com movimentos precisos e seguros mesmo nas menores cavidades do corpo humano, garantindo uma cirurgia menos invasiva, com menor dor e recuperação mais rápida no pós-operatório. A tecnologia é conduzida por uma equipe de cirurgiões credenciados, enfermeiros, anestesistas e instrumentadores cirúrgicos, que agregam à sua técnica habitual a precisão das imagens em 3D que o equipamento fornece, assim como os filtros de movimento preciso dos “braços” do robô.

Em junho de 2019, o Hospital Santa Isabel (SC)lançava o primeiro Programa de Cirurgia Robótica de Santa Catarina, que até hoje é o único em todo o estado. Blumenau foi a segunda cidade não-capital do Brasil a contar com essa tecnologia. Desde então, já foram realizados 74 procedimentos em pacientes oriundos de vários municípios catarinenses e de estados vizinhos.

Larissa Alencar foi a primeira paciente a fazer a cirurgia robótica no HSI, em junho do ano passado. Ela precisou fazer uma cirurgia para tratar endometriose profunda, mas conta que não sofreu nenhum trauma por causa do procedimento. “Eu perdi apenas 20 ml de sangue e tive um pós-operatório muito tranquilo. Logo após a cirurgia eu já me sentia bem e, no dia seguinte, já comecei a caminhar. Eu tinha dores todos os meses, e agora posso dizer que faz um ano que não sinto os males da endometriose. Não há nada mais valioso que nossa qualidade de vida”, conta a paciente. Além disso, Larissa conseguiu algo que muito queria, mas a doença não permitia: a gravidez. Larissa está na fase final da gestação e logo formará sua família.

Para celebrar um ano do Programa de Cirurgia Robótica, cujos procedimentos acontecem às quintas-feiras, sextas-feiras e sábados, o Hospital Santa Isabel realizou uma cirurgia especial nesta segunda-feira, 22 de junho. A paciente, de 37 anos, também fez o procedimento para tratar endometriose. Ela está em recuperação após uma cirurgia bem sucedida.

Cada vez mais especialidades podem se beneficiar da tecnologia

Os procedimentos robóticos mais procurados no Hospital Santa Isabel são para tratamento de problemas urológicos, ginecológicos e cirurgia geral. Outras especialidades que fazem uso do robô-cirurgião são a cirurgia digestiva, bariátrica, torácica, cirurgia de cabeça e pescoço, além de procedimentos complexos de hérnias de parede abdominal. Recentemente ocorreu no hospital a primeira cirurgia robótica torácica de SC, que teve excelentes resultados.

O HSI sempre está ampliando o rol de especialidades e cirurgiões habilitados para operar o robô, que é do modelo Da Vinci Si, um dos mais modernos do mercado. Segundo o Dr. Pedro Trauczynski, médico chefe do Serviço de Robótica, todos os profissionais da instituição que já atuam por laparoscopia, método minimamente invasivo para realizar operações em cavidades do corpo humano com pouco espaço, também estão sendo habilitados para utilizar a tecnologia, após treinamento específico.

“Nossa principal preocupação é realizar uma cirurgia segura e com melhor resultado, porque isso fará diferença na qualidade de vida do paciente após a cirurgia. Com a robótica, podemos garantir incisões cirúrgicas menores, menos sangramento e muito mais precisão e segurança nos procedimentos. O que acaba por resultar em menos tempo de internação e recuperação, e o paciente pode retornar às atividades cotidianas mais cedo”, afirma o Dr. Pedro.

Confira algumas fotos:

2020.06.30



Sem Comentários

681 Visualizações

Deixe um comentário :