Amparo Maternal participa de reportagem da TV Bandeirantes sobre Parto Adequado

Postado por admin

Durante a reportagem exibida no Jornal da Band, principal telejornal da TV Bandeirantes, gravada no Hospital Amparo Maternal (SP), a diretora técnica da Casa, Dra. Natália Mello e Silva, concedeu entrevista sobre os benefícios do parto normal.

Segundo a reportagem, o Brasil é o segundo país no mundo com o maior número de cesáreas, muitas delas desnecessárias. Por isso, políticas públicas para humanizar o atendimento de gestantes ganham força. A reportagem destaca os resultados positivos alcançados pelo Projeto Parto Adequado, desenvolvido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde. O programa aumentou em 40% o número de partos normais, afirma a reportagem.

O Hospital Amparo Maternal integra o Projeto Parto Adequado, ao lado de outras Casas de Saúde da ACSC: Casa de Saúde São José – CSSJ (RJ), Hospital Nossa Senhora da Conceição – HNSC (SC) e Hospital Santa Isabel – HSI (SC).

A meta, de acordo com a iniciativa, é atingir 40% de partos normais até dezembro de 2019, relativos a uma população específica: as gestantes classificadas em Robson de I a IV. Utilizada em muitos países, a classificação de Robson ou classificação dos 10 grupos é um instrumento padrão para avaliar, monitorar e comparar taxas de cesáreas em um mesmo hospital e entre diferentes hospitais, ao longo do tempo. Basicamente, os quatro primeiros grupos são de gestantes:

– com 37 semanas de gestação ou mais;

– feto único em posição cefálica;

– nulíparas (mulheres que nunca teviram filhos antes) ou multíparas (mulheres que já tiveram mais de um filho ou que deram à luz mais de um bebê por vez) sem cesárea anterior;

– em trabalho de parto ou parto induzido.

Com uma média de 500 partos mensais, sendo 69% deles partos normais, o HAM já está dentro do que é preconizado no programa e continua com o foco na “melhora dos indicadores assistenciais, da revisão de protocolos e do envolvimento das equipes”, segundo a coordenadora de Enfermagem do hospital, Lecy Merighe.

Para saber mais sobre as iniciativas das Casas da ACSC, acesse aqui.

Para assistir a reportagem realizada pelo Jornal da Band no Hospital Amparo Maternal, clique na imagem abaixo.

2017.10.31



Sem Comentários

838 Visualizações

Deixe um comentário :