Alunos do CSC-MG decidem seguir carreira na Astronomia

Postado por admin

Escolher uma profissão é tarefa difícil para muitos jovens. Muitos só conseguem se decidir quando estão prestes a ingressar no Ensino Superior. Outros, no entanto, conseguem definir os caminhos que desejam traçar desde cedo, focando em certas aptidões e interesses. É o caso dos estudantes Amin Debellis e Artur Palmares, de 9 anos, do 4º ano do Ensino Fundamental do Colégio Santa Catarina de Juiz de Fora (MG). Além de bons alunos, os dois também são bons amigos. Recentemente, assistiram juntos à palestra da astrofísica brasileira e pesquisadora da Nasa, Duilia de Mello, na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A iniciativa de levar os garotos à palestra partiu da mãe de um deles, ciente do interesse do filho e do colega sobre questões relacionadas ao universo. “Eles sempre demostraram muito interesse no conteúdo, inclusive trazendo informações complementares”, conta a professora Michele Cardoso. Artur afirma que quer ser astrônomo. “Eu sempre gostei muito de olhar para o céu e ficar analisando as estrelas, as constelações. Quero trabalhar descobrindo novas estrelas. Meu sonho agora é ganhar um telescópio”. Já Amin deseja ser astronauta. “Desde quando meu pai me contou que o homem viajou em um foguete e pisou na Lua, eu fiquei interessado”.

Assim como Amin e Artur, o fascínio de Duilia pelo céu, pelas estrelas e pelo espaço começou bem cedo, quando decidiu seguir a Astronomia. Em um dos seus trabalhos, busca estimular crianças e jovens a descobrirem os seus talentos e utilizá-los em suas escolhas profissionais. Fundou uma associação para esclarecer a importância das áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, com o objetivo de promover a ciência como carreira concreta e palpável para todos, educar a população sobre a relevância dessas áreas de conhecimento para o avanço da sociedade e incentivar as famílias a apoiarem os jovens na busca pelo talento científico.

Além de trabalhar no Goddard Space Flight Center, da Nasa,  Duilia de Mello também é vice-reitora da Universidade Católica de Washington, nos Estados Unidos, onde mora há 20 anos. A astrônoma, responsável pela descoberta da Supernova 1997D e das Bolhas Azuis, esteve na UFJF visitando o novo Centro de Ciências e ministrou a palestra “Vivendo com as Estrelas”. A carreira internacional começou em 1997, quando ela ganhou uma bolsa de pós-doutorado no Instituto do Telescópio Espacial Hubble, um dos equipamentos mais importantes para a astronomia mundial. Hoje, Duilia é um dos nomes mais conhecidos e premiados da ciência brasileira no exterior.

2017.05.30



Sem Comentários

441 Visualizações

Deixe um comentário :