Alunos do CSC-JF participam de bate-papo sobre os efeitos nocivos da dependência química

Postado por admin

A convite da Equipe Pedagógica do Colégio Santa Catarina (JF), dois jovens integrantes do programa de recuperação para dependentes químicos da Fazenda da Esperança – comunidade terapêutica especializada no tratamento e reintegração de pessoas viciadas em drogas e álcool – estiveram no Colégio, no dia 19 de abril, para um bate-papo sobre dependência química com alunos da 8ª série.

O objetivo foi sensibilizar e alertar os estudantes quanto às consequências causadas pelo álcool e pelas drogas numa tentativa de afastá-los desse mal. Na primeira parte do encontro, realizado no Salão de Esportes, os dois rapazes, um com 22 e outro com 24 anos, contaram suas experiências com o vício, como entraram no mundo das drogas e o que aconteceu por conta disso. Falaram também sobre o processo de afastamento da família, sofrimento dos pais e como decidiram mudar de vida.

Felipe, um dos meninos da Fazenda, disse que quem está nas drogas fica alienado, não tem cabeça para estudar, para trabalhar, não tem religião. “A droga só traz destruição na nossa vida: malefícios espiritual, mental, psicológico e físico. Eu recomendo a vocês se afastarem das drogas e fazerem as escolhas certas. Eu sou prova viva disso. Uma escolha errada que você faz, você vai responder por ela. Escutem pai e mãe. Eu não escutava os meus, achava que eles estavam velhos, que eram caretas. Eu queria era curtir a vida. Eu achava que a vida era só beber, se drogar e curtir. No finalzinho, antes de ir para a Fazenda, eu comecei até a roubar para sustentar o vício. Parei de estudar, sou de uma família muito boa, mas eu não soube aproveitar isso. E na Fazenda da Esperança eu fui muito bem acolhido, aprendi o que é amar, estou aprendendo o que é Deus, porque eu não tinha Deus no meu coração, hoje eu tenho e agradeço a Ele todos os dias pela minha vida”, comentou.

Para acessar os depoimentos completos, clique aqui.

2016.04.27



Sem Comentários

424 Visualizações

Deixe um comentário :