Afinal, qual é o significado da Páscoa?

Postado por admin

A Páscoa para alguns é a oportunidade de ganhar chocolate, trocar ovos e até de participar de brincadeiras com crianças e familiares. Mas, na realidade, esta data tem um significado religioso que representa a ressurreição de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Seguindo este princípio trouxemos um Evangelho de Marcos que nos resumi essa linda trajetória de Cristo:

“Quando passou no sábado, Maria Madalena e Maria, a mãe de Tiago e Salomé, compraram perfumes para ungir o corpo de Jesus. E bem cedo, no primeiro dia da semana, ao nascer do sol, elas foram ao túmulo. E diziam entre si: ‘Quem rolará para nós a pedra da entrada do túmulo?’ Era uma pedra muito grande. Mas, quando olharam, viram que a pedra já tinha sido retirada. Entraram, então, no túmulo e viram um jovem, sentado do lado direito, vestido de branco. E ficaram muito assustadas. Mas o jovem lhes disse: ‘Não vos assusteis! Vós procurais Jesus de Nazaré, que foi crucificado? Ele ressuscitou. Não está aqui. Vede o lugar onde o puseram. Ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele irá à vossa frente, na Galiléia. Lá vós o vereis como ele mesmo tinha dito’.” Palavra da Salvação! (Marcos 16, 1-7)

 

Reflexão do Padre Alexandre do Hospital Santa Catarina

A Páscoa, para o cristão, é a principal festa do calendário litúrgico. Foi em torno da Páscoa que nasceram todas as celebrações e as solenidades da Igreja.  É a fonte e o ápice da vida de todo cristão. Celebrar a Páscoa é atualizar o amor incondicional de Deus pela humanidade que se revela através de seu Filho Unigênito, Jesus Cristo, Senhor Nosso. É a vida que vence a morte; a luz que não tem ocaso que resplandece para iluminar a humanidade imersa nas trevas da morte. Enfim, Páscoa é a passagem que cotidianamente somos chamados a realizar em nossa vida, nas nossas decisões e opções a favor da vida. Iluminados pelo Evangelho, vemos que Jesus veio oferecer a salvação de forma universal, porém, de maneira muito particular aos excluídos da sociedade. É interessante notar que as primeiras a chegarem ao túmulo são mulheres. Símbolo de escravidão, da exclusão e dos oprimidos da sociedade. Para essas, o anjo anunciou a boa nova de esperança: “Ele ressuscitou. Não está aqui!”.

Portanto, que esta celebração renove em nossos corações a esperança de um mundo melhor, mundo de fraternidade e de solidariedade. E, para a construção de um mundo novo, cada um deve fazer a sua Páscoa(passagem) diária. Só assim seremos capazes de mover todas as pedras que, porventura, atrapalham a nossa experiência com o Ressuscitado e de ressuscitados!

2013.03.28



Sem Comentários

287 Visualizações

Deixe um comentário :