Administração Corporativa adere à luta contra o Aedes Aegypti

Postado por admin

A Administração Corporativa (SP) também ingressou na luta contra o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Promovida pela CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) em parceria com a Diretoria Corporativa de Saúde, Medicina e Segurança do Paciente, a campanha “Caça ao Mosquito” foi lançada na última semana de fevereiro, com o propósito de conscientizar e mobilizar os colaboradores a adotar práticas preventivas, que inibam a proliferação do mosquito.

Um guia com orientações para eliminação dos criadouros do mosquito foi desenvolvido e encaminhado aos colaboradores e, no dia 25 de fevereiro, os integrantes da CIPA realizaram uma ronda em todos os andares da Administração Corporativa com o objetivo de “caçar” eventuais criadouros do mosquito. Ao final da ronda foram identificados mais de 30 possíveis focos de reprodução para o Aedes Aegypti, ou seja, locais com acúmulo de água parada que podem ser utilizados para reprodução do mosquito.

Com base nos achados, um novo material com orientações foi enviado aos colaboradores, alertando sobre a importância de também adotar práticas que previnam a disseminação do mosquito no ambiente de trabalho. A campanha também incentivou a replicação das orientações pelos colaboradores em suas casas, convidando todos os a tornarem-se agentes na caça ao mosquito.

Sobre o Aedes aegypti

O Aedes Aegypti é um mosquito que vive perto do homem, bastante comum em áreas urbanas, podendo transmitir algumas doenças como a Dengue, Chikungunya e o Zika. Somente a fêmea pica o homem, pois ela precisa de sangue para maturar seus ovos. Uma única fêmea é capaz de dar origem a aproximadamente 1.500 mosquitos durante o seu tempo de vida, que pode durar até 45 dias.

Os ovos podem resistir a longos períodos de seca, chegando a mais de 450 dias, até que a próxima chuva e aumento da temperatura propicie a sua eclosão. Eles são depositados pelas fêmeas nas paredes do criadouro, bem próximo à superfície da água, e não diretamente sobre o líquido. Por isso, para eliminar os ovos é importante lavar muito bem os recipientes com escova, água e sabão.

Ajude a eliminar os criadouros do Aedes aegypti e contribua para a prevenção da Dengue, Zika e Chikungunya. Você é um agente importante nesse processo!

2016.02.29



Sem Comentários

625 Visualizações

Deixe um comentário :