ACSC realiza balanço de doações durante a pandemia

Postado por admin

Desde o início da pandemia, as Casas da ACSC, que prestam atendimento SUS ou gratuito nos segmentos de educação e assistência social, se engajaram para arrecadar doações a fim de ajudar no combate à Covid-19. Foram feitas divulgações e campanhas de mobilização, principalmente nas comunidades do entorno das Casas, incentivando a doação de recursos materiais e financeiros.

A coordenadora da área de Captação de Recursos, Giovanna Mattos, explica que a maior parte das contribuições chegou entre os meses de março e abril. “Fizemos o monitoramento semanal dessas doações e, durante esses 6 meses, as Casas receberam mais de 500 mil unidades de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), 10 mil litros de álcool 70%, 28 toneladas de alimentos, 500 testes rápidos, 80 equipamentos de suporte à vida, além de materiais de higiene e limpeza e recursos financeiros”, detalha.

Em razão da diminuição do volume de doações, que ocorreu a partir do mês de junho, a área de Captação de Recursos decidiu fazer um balanço geral das doações relacionadas ao novo coronavírus, totalizando seis meses desde o início do acompanhamento.        “Nós estamos, nesse momento, fazendo um balanço geral do que recebemos nas Casas durante o primeiro semestre como uma ação de transparência. Mas sabemos que a pandemia continua e as doações continuam sendo bem-vindas”, relembra Giovanna.

Neste período, as Casas receberam mais de R$ 2,9 milhões em materiais e dinheiro e mais de 300 doadores foram responsáveis por esse marco de doações, que beneficiaram 13 Casas da ACSC: o Hospital Santa Isabel (SC),o Hospital Nossa Senhora da Conceição (SC), o Hospital Amparo Maternal (SP), o Centro de Acolhida (SP), o Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição (RJ), o Hospital Estadual Central (ES), o Hospital Madre Regina Protmann (ES), o Hospital Santa Catarina (SP), o Hospital Santa Teresa (RJ), a Creche Monteiro Lobato (MG),a Creche São José do Itamaraty (RJ), o Colégio e Creche Santa Catarina (RJ) e o Lar Madre Regina (SP).

Confira abaixo os depoimentos dos diretores das Casas que participaram da campanha de doações:

“ O Lar Madre Regina tem muito apoio da sociedade e, no período difícil da pandemia do novo coronavírus, contar com a estratégia profissional e empenho do time da Captação de Recursos da ACSC foi de suma importância para majorar as doações para o Lar, garantindo o bem estar dos idosos residentes, a segurança dos colaboradores, devido às doações de EPIs, e o equilíbrio econômico da Casa. No ranking interno da ACSC, o LMR ter ficado em 1° lugar em número de doações recebidas e em 3º lugar em representação financeira deixa claro o amor da comunidade pela Casa. Gratidão a todos os doadores, pessoas físicas e jurídicas, que se preocuparam com a segurança e bem estar dos idosos do LMR.” – Sergio Vallim, Diretor Executivo do Lar Madre Regina.

“Nessas oito décadas de existência, o Amparo Maternal conta com atitudes humanitárias, tanto de cidadãos quanto do corpo empresarial, que auxiliam o trabalho realizado com respeito e dedicação às gestantes, mães e bebês atendidos diariamente nesta Casa. É com imensa gratidão que recebemos essas manifestações, ainda mais intensas neste período tão desafiador que enfrentamos, de uma pandemia que afeta a população e a economia, com capacidade de atingir uma magnitude sem precedentes. Em épocas como essa, a solidariedade e a compaixão são naturalmente acionadas e nos aproximam genuinamente da humanidade que nos edifica. Gestos nobres e necessários.”Fernanda Ferrari Allucci, Diretora Executiva do Hospital Amparo Maternal.

“A Pandemia, o isolamento social, o enfrentamento à doença, os desafios da ciência e muitos outros fatores provocaram uma reflexão no nosso modo de ver, viver e sentir a vida. Afloraram vários sentimentos, que ressaltaram a nossa fragilidade diante da existência humana, mas também fizeram ressurgir nossa solidariedade e a capacidade de nos afligirmos frente a dificuldade do outro. Nós aqui do Hospital Nossa Senhora da Conceição nos surpreendemos positivamente com o acolhimento e a preocupação de nossa comunidade, que se cotizou para angariar doações destinadas à nossa Instituição. Além de todos os itens que recebemos, desde gêneros alimentícios até equipamentos, outro grande presente foi o sentimento de solidariedade e retribuição ao trabalho que realizamos com tanto carinho e dedicação. Foi um reconhecimento legitimo da importância dos nossos serviços para a saúde de toda a região.”Fabio Teixeira, Diretor Executivo do Hospital Nossa Senhora da Conceição.

“Com a quarentena prorrogada em Petrópolis-RJ, um dos nossos desafios foi o de dar continuidade ao ano letivo de maneira diferenciada. Sabemos que nada substitui o momento de estarmos juntos, no entanto, optamos por “Dar Asas à Imaginação” dos nossos pequenos, com um projeto que envolveu muitas mãos e muitos corações apaixonados pela missão. Entregamos kits com livros e materiais pedagógicos para trabalhar a partir do lúdico, das brincadeiras, das atividades de exploração e de toda a convivência, agora familiar.”Denise Canal, Diretora Executiva do Colégio e Creche Santa Catarina e Creche São José do Itamaraty

“Com a ajuda de toda a comunidade, conseguimos efetivar dignamente e de forma permanente a missão iniciada pelas Irmãs, acolhendo cada ser humano na sua integralidade, conciliando eficácia organizacional, valores cristãos e compromissos com as necessidades das comunidades, disponibilizando acesso à serviços de qualidade aos Usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, sem distinção de cultura, credo religioso, cor, raça e situação socioeconômica.”  Rubens Felix, Diretor Executivo do Hospital Madre Regina Protmann

Você também pode ser um doador e ajudar a ACSC nas ações de combate aos desdobramentos da pandemia. Para mais informações, acesse www.acsc.org.br/doacoes ou entre em contato com a área de Captação de Recursos pelo telefone (11) 94190-7177 ou e-mail doacao@acsc.org.br.

Confira algumas fotos das ações:

2020.09.22



Sem Comentários

379 Visualizações

Deixe um comentário :