ACSC inicia implantação de sistema para gestão de infraestrutura e engenharia clínica

Postado por admin

A ACSC iniciou no segundo semestre a implantação do Dínamus, um sistema com tecnologia web desenvolvido para gerenciar equipamentos, setores, contratos, mão de obra, além de controlar os registros ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) dos equipamentos. A iniciativa é resultado do GT Engenharia, frente de trabalho do “Transformação”, projeto que tem por objetivo revisar e aprimorar todos os processos de apoio executados na ACSC, de forma com que todas as Casas trabalhem em sinergia, de forma simplificada, alinhada e padronizada.

Por meio de um Portal de Serviços, o sistema permite ao colaborador abrir chamados referentes à manutenção ou substituição de equipamentos médicos e de infraestrutura. Ou seja, o Dínamus pode ser utilizado tanto para informar a troca de uma lâmpada até problemas de intermitência em um monitor de sinais vitais.

O novo sistema traz uma série de benefícios. Além de minimizar problemas de implantação e reduzir custos com atualizações, suporte e hardware, o Dínamus melhora a comunicação entre o usuário e o operador, agilizando o tempo de resposta das solicitações. O sistema também otimiza o gerenciamento do parque instalado nas Casas, contribuindo para estender o tempo de vida útil dos bens, e possibilita a criação de relatórios de suporte para composição orçamentária e negociações de contratos corporativos.

A implantação do Dínamus acontecerá em duas grandes fases na ACSC. A primeira já teve início e contempla os hospitais São José (HSJ), Santa Teresa (HST), Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e Colégio Santa Catarina de São Paulo.

A segunda fase ocorrerá a partir de 2017 nas seguintes Casas: Hospital Santa Catarina (HSC), Casa de Saúde São José (CSSJ), Hospital de Clínicas Nossa Senhora da Conceição (HCNSC), Hospital Madre Regina Protmann (HMRP), Hospital Santa Isabel (HSI), Hospital São José e Maternidade Chiquinha Gallotti (HSJMCG), Hospital São Luiz (HSL), Hospital Amparo Maternal (HAM), Lar Madre Regina (LMR), Colégio Santa Catarina (Juiz de Fora, Goiás e Rio de Janeiro) e Escola Santa Catarina, no Espírito Santo.

As Casas de Educação terão acesso à funcionalidade de Infraestrutura do sistema e serão pioneiras na implantação do módulo de Segurança.

O Dínamus também possibilitará uma visualização dos indicadores para avaliação em tempo real por parte das Casas, permitindo aos gestores das unidades o compartilhamento da visão sistêmica do banco de dados.

Com a implantação do sistema Dínamus, associado à revisão e à estruturação dos processos na área da Engenharia, as Casas da ACSC terão a base de gerenciamento e controle de acordo com as prerrogativas da ANVISA (RDC 002/10) e atenderão aos requisitos de certificadoras de acreditação (ISO/ONA/Canadense/JCI).

2016.10.24



Sem Comentários

1.096 Visualizações

Deixe um comentário :