“A Alegria nasce aqui”: Amparo Maternal lança campanha no mês das mães

Postado por admin

O Hospital Amparo Maternal aproveitou a ocasião das comemorações em torno do Dia das Mães para lançar uma campanha de arrecadação de fundos intitulada “A Alegria nasce aqui”. Para a ação, a instituição preparou um vídeo de divulgação com participação voluntária da atriz Nicete Bruno. O objetivo da campanha é aumentar a visibilidade dos serviços oferecidos pela instituição, além de angariar mantenedores para suas atividades.


https://vimeo.com/165185448

O nome da campanha surgiu em função da história da convivente Mabundo Makileki Charlene, que viveu no Centro de Acolhida do Amparo Maternal entre os meses de julho de 2015 e janeiro de 2016. A refugiada de guerra do Congo chegou ao Brasil grávida de nove meses e sem esperanças de proporcionar a seu bebê um futuro melhor do que a realidade que estava vivendo.

No entanto, o acolhimento oferecido pela equipe multidisciplinar do Amparo Maternal, que inclui moradia provisória, alimentação, vestimenta e suporte técnico assistencial para o parto, fez com que Charlene recomeçasse a ter esperança. Após o nascimento de sua bebê, Charlene deu o nome da pequena de Alegria por conta do atendimento humanizado, seguro e dedicado que recebeu na instituição.

“Todos os dias começamos a fazer parte do enredo da história das mulheres que aqui chegam. A soma da contribuição de cada membro de nossa equipe permite que participemos ativamente da transformação destas vidas, compartilhando de momentos vividos com exclusividade: o nascimento. A Alegria também é nossa!”, explica Fernanda Allucci, diretora executiva do Amparo Maternal.

Doações
Pessoas físicas e jurídicas podem colaborar com qualquer valor, em doação única ou recorrente. Interessados podem ajudar a Instituição doando para Banco Itaú, Agência 0910, Conta Corrente 00742-6.

Saiba mais sobre o Hospital Amparo Maternal
O Amparo Maternal é composto por Maternidade e Centro de Acolhida, ambas geridas pela Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC). A Maternidade, que atende exclusivamente ao Sistema Único de Saúde (SUS), realiza uma média de 600 partos por mês, sendo 70% deles partos normais. Modelo de boas práticas de Humanização para a Secretaria Municipal de Saúde, o Amparo Maternal permite que o acompanhante permaneça com a parturiente em período integral, desde a admissão até a alta da mãe e do bebê, e não apenas nos horários de visitas, podendo optar pelo auxílio de suas doulas.

O Centro de Acolhida, por sua vez, atende por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), e proporciona abrigo provisório para gestantes em situação de vulnerabilidade e risco social, estendendo-se ao período pós-parto e ao filho recém-nascido. Promove trabalho social individualizado que favorece o processo de reconstrução de vida das atendidas e sua reinserção social, familiar e comunitária.

2016.05.11



Sem Comentários

501 Visualizações

Deixe um comentário :